TV Corporativa em 7 passos

Para iniciar a implantação de uma TV Corporativa é importante levar em consideração itens como: qual a tecnologia vou utilizar? Qual a modalidade de contratação? Quando lançar? Quem vai gerir os conteúdos? Ter alguns direcionadores faz toda a diferença:

O primeiro passo é identificar qual parceiro vou escolher! Lembrando que a ideia deve ser aprovada dentro da organização e estar alinhada com os princípios e missão.

O segundo passo é a definição dos papéis: quem cuidará da rede e como administrar?

O terceiro passo é análise de conteúdo: afinal este é o principal motivo de implantar essa ferramenta – passar conteúdo e conhecimento a todos os colaboradores, visitantes e interessados.

O quarto passo são as telas: onde vou colocar as telas para garantir que as informações sejam transmitidas e vistas.

O quinto passo é garantir uma instalação tranquila e rápida.

O sexto passo é envolver o time e contagiar sobre a importância da TV Corporativa e para que ela vai servir.

O último passo então seria a implantação, o go-live: ir ao ar com grande estilo!

Essas dicas foram retiradas do Slide Share da Comunique-se abaixo disponível:

Anúncios

TV Corporativa: O que é preciso?

Pra ter uma TV Corporativa atualmente, é necessário que a empresa tenha uma rede interna de dados de qualidade (cabo de rede e conectado via HDMI a uma TV), com grande capacidade para o tráfego de dados – lembrando que para a TV Corporativa dimportancia_tveve ser interativa, é importante disponibilizar vídeos e mídias (Multicast IP), ou seja,  não é necessário um sistema de TI muito sofisticado.

Algumas empresas oferecem opções de implantação através de ferramentas como um dispositivo Android, com acesso à internet via wi-fi, ou um software na nuvem onde são passados os conteúdos. Para inserir informações como previsão do tempo e bolsa de valores é necessário o acesso a internet.

Em cada televisor, é instalado um player que transmite os conteúdos. Esses televisores não são como os comuns, eles duram cinco vezes mais que os convencionais. É um investimento grande, mas que vale a pena!

E como transmitir as informações, jornais ou programação? Todo o conteúdo pode ser inserido, alimentado por qualquer computador por meio de navegadores tradicionais. Geralmente é um ambiente na Web, fácil e explicativo.

O conteúdo geralmente é avaliado pela área de marketing ou de recursos humanos, afinal, essas áreas são centrais e detém informações privilegiadas que devem ser transmitidas de forma correta, para garantir a governança da organização. Além disso, essas TVs devem ficar posicionadas estrategicamente para contagiar a todos: locais com grande fluxo de pessoas, espaços onde as pessoas costumam ficar paradas por um tempo –  salas de espera, refeitórios, corredores.

A busca de informação é prática e eficaz através da TV Corporativa.

O que é TV Corporativa? Saiba sua definição e características

mural-x-tv-corporativaAs empresas ampliaram sua visão de comunicação à algum tempo e identificaram que é preciso inovar em todos os aspectos e isso não foi diferente para a área de comunicação: Para substituir os murais, panfletos e jornais impressos que circulavam informações para colaboradores, avisos para os clientes e novos procedimentos e que exigiam ações trabalhosas de atualização e dependia-se de várias mãos mas, muitas vezes, a informação não chegavam a todos. Sendo assim, algumas organizações investiram em sistemas online para comunicar a todos, isso chama-se TV Corporativa!.

A TV Corporativa é o que há de mais modernos e atual no que diz respeito a comunicação interna, endomarketing, atração de clientes (interno e externo) por meio de rede digitais e sociais (interna e externa). É uma ação de mídia indoor digital que abrange a comunicação institucional e apresenta o mercado (e notícias externas) aos colaboradores e afirmo que começa a estreitar o relacionamentos entre a empresa e seus públicos de interesse e interessados.

Contextualizando um pouco mais, na prática de disponibilizar informação, empresas adotaram, inicialmente, murais digitais ou mural eletrônico para informar seus colaboradores as novidades, feitos, prêmios, ou seja, aquilo que a organização vêm fazendo para ser melhor e inovadora sempre na busca de transparência e aproximação com os colaboradores e aqueles que a visitavam. A TV Corporativa, geralmente, fica espalhada por toda a organização (produção, recepção, áreas corporativas…). É prático e eficiente: precisa de poucos profissionais atuando por trás dele, além da organização investir em TV´s (o que reduz o custo, pois não haverá muito mais impressão) e garante informação rápida.

O que a empresa pode disponibilizar através da TV Corporativa? A empresa deve entender a sua missão, visão e valores e incluir temas de interessa como: plano estratégico, lançamento de produtos, prêmio, cotações do dólar e novas regulamentações e tantos outros temas!

É importante conhecer e aplicar o endomarketing!

Possibilidades de insucesso na gestão de uma intranet

Nas pesquisas realizadas sobre intranet não identifiquei nenhum caso de insucesso sebraetec_inovacaopara disponibilizar, mas cabe ressaltar que a implantação de um intranet para ser bem sucedida deve ter o envolvimento de questões tecnológicas e organizacionais (assim com estar alinhada com o planejamento estratégico) além disso, é importante que a equipe responsável pela intranet tenha apoio gerencial e formação suficiente (visão sistêmica do todo) para suprir a necessidade da organização e lidar com a expectativa de colaboradores. Um intranet sem dados e informações é uma ferramenta sem aproveitamento. Da mesma forma, se for alimentada incorretamente, com informações e dados que não contagiam o público alvo. Intranet é comunicação e relacionamento e deve-se haver uma gestão elaborada e assertiva para que haja sucesso. Além disso, é um processo constante e contínuo de evolução, adequação tecnológica e disseminação interna para conhecimento dos colaboradores.